Tinta térmica que pode substituir ar condicionado já está no mercado

Tinta_termica_tecnologia_sustentabilidade_energia_arquitete_suas_ideias

A NASA desenvolveu uma tinta à base de água e microesferas ocas de vidro, capaz de reduzir a temperatura e o consumo de energia dentro das residências. Em alta no mercado internacional, a tinta térmica é a mais barata das soluções utilizadas nas obras de isolamento térmico.

O material pode ser aplicado em qualquer superfície, mas o efeito é intensificado quando é utilizada para revestir os telhados das construções, já que a parte superior recebe maior incidência dos raios solares. Os telhados revestidos com o material reduzem em até 60% o consumo de energia elétrica utilizado para refrigerar casas, prédios, indústrias e estabelecimentos comerciais.

No começo, os cientistas da NASA criaram a tinta térmica para ser aplicada em aeronaves, navios e tubulações, a fim de diminuir o calor dentro destas estruturas. Porém, a solução passou a ser comercializada em lojas de construção nos EUA e rapidamente se popularizou, já que a tinta térmica é mais barata e sustentável do que a espuma de poliuretano, material derivado do petróleo usado na maior parte das obras de isolamento térmico.

De acordo com Walter Crivelente Ferreira, diretor da empresa WC Isolamento Térmico, o revestimento pode até mesmo tomar o lugar do ar condicionado. “Se o local for bem ventilado, a sensação térmica no ambiente interno se torna agradável, sem precisar de ar condicionado”, garante o fornecedor do material.

Mesmo ganhando espaço cada vez maior no mercado, a tinta não é reconhecida para os projetos de revestimento térmico. De acordo com Crivelente, as licitações públicas ainda exigem o poliuretano nas obras. No entanto, as Nações Unidas estão elaborando um regulamento para adotar materiais de revestimento mais sustentáveis, sem data para ser entregue.

O diretor da empresa fornecedora acredita que o brasileiro deve aderir à novidade. “As vendas por aqui ainda vão crescer”, afirmou Crivelente, que leva o serviço para muitas indústrias. A nova tinta tem propriedades semelhantes às convencionais e custa a metade do preço das espumas de poliuretano. O efeito térmico dura cerca de cinco anos e a aplicação pode ser feita pelos proprietários.

Fonte: Ciclovivo

 

Leia também:

Como é o curso de arquitetura? Parte 3

Como planejar uma cidade!

Você já viu persianas que iluminam?

↓↓↓  Não esqueça de classificar este post!!!

Anúncios

10 responses to “Tinta térmica que pode substituir ar condicionado já está no mercado

  1. Pingback: Arquitetura mais verde | Arquitete suas Ideias·

  2. Pingback: Uma obra sem sujeiras, será possível? Parece até mágica… | Arquitete suas Ideias·

  3. Pingback: Download gratuito do Manual de Intercambialidade de Projetos em CAD | Arquitete suas Ideias·

    • Olá Fabio!
      A dica fica no conhecimento de novos materiais! Como não é algo muito divulgado nem comercial, é bom saber que existe não é mesmo?
      Obrigado pelo comentário!

      Gostar

  4. Permito-me duvidar que esta seja uma solução mais barata que as espumas de poliuretano. Vendo ambos os materiais , espumas de poliuretano e as microesferas de vidro ocas e por mais contas que faça não consigo chegar à mesma conclusão !!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s