Bibliotecas pelo mundo #05

Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_01

Biblioteca Pública de Bishan, Cingapura

A metáfora de um casa na árvore foi usada para conceitualizar este projeto, criando um ambiente de aprendizado via uma jornada de descobrimento e diversão. O uso de iluminação zenital e vidros coloridos transformam a luz do dia em inúmeradas formas e cores, criando um intrigante espaço que simula os raios do sol filtrados através das copas das árvores.

As partes em balanço na fachada do prédio criam um formato único que chamam a atenção e trazem mais carisma para o exterior do edifício. Esses espaços suspensos criam locais com uma escala mais íntima dentro da biblioteca.

Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_03

Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_09

Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_08

Pré-requisitos conflitantes, como a orientação, controle solar e proteção das janelas de acordo com as leis contra incêndio foram resolvidos através de uma estratégia racional e espacial. Um átrio interno foi incorporado para introduzir luz natural dentro da zona principal de circulação, assim como na maioria dos andares da biblioteca, e a parte de trás do edifício foi projetada como um núcleo sólido voltado para o oeste, para servir de escudo contra o forte sol da tarde.

Uma rampa leva as pessoas do nível da rua para onde estão as coleções, através do átrio, e ainda funciona como um eficiente dissipador de multidões quando preciso.

Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_07

Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_05

Em resposta ao local onde foi construído, que tinha severas leis de implantação dentro de uma cidade satélite, o projeto pediu por um eficiente método de construção que minimizasse o impacto em seu entorno. Principalmente formada de concreto, a estrutura tem 4 lajes acima do nível do solo, ligadas por elevadores e escadas juntos em um mesmo núcleo. Os pilares internos foram utilizados o mínimo possivel, dentro do que as lajes pró-tenditas podiam suportar, para maximizar o uso das áreas e aumentar a flexibilidade do espaço de armazenagem de livros.

Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_06

Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_04

Aproveitando o potencial da separação de ruídos, o subsolo foi reservado para a seção infantil, definindo um espaço subterrâneo, como se fosse uma caverna, onde a imaginação pode correr solta sem incomodar os demais leitores.

A partir dos tradicionais conceitos de bibliotecas que são somente o local de reposição de conhecimento, a abordagem arquitetônica deste projeto enfatiza a experiência da qualidade dos espaços. Isso é imprecindível em uma era onde os sentidos humanos tem sido anestesiados pelo mundo virtual. A biblioteca pública de Bishan mostra que uma biblioteca em um local físico ainda pode oferecer uma experiência única e insubistituível.

Arquitetos: LOOK Architects
Local: Bishan, Cingapura
Área do terreno: 1400.30 m2
Cliente: National Library Board, Cingapura
Engenheiro Estrutural: Meinhardt (Cingapura) Pte Ltd
Engenheiro mecânico e elétrico: Meinhardt (Cingapura) Pte Ltd
Ano: 2006
Fotografias: Patrick Bingham-Hall, Tim Nolan

     Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_02 Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_17 Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_16 Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_15 Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_14 Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_13 Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_12 Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_11 Bishan_biblioteca_publica_Cingapura_LOOK_architects_arquitetura_vidro_arquitete_suas_ideias_10

Fontes: Architizer e Archdaily

 

Veja onde estão as bibliotecas publicadas até agora:


Leia também:

Bibliotecas pelo mundo #04

Bibliotecas pelo mundo #03

Torre de Babel (de livros)

 

O que você achou deste post? Comente e diga sua opinião!

Anúncios

4 responses to “Bibliotecas pelo mundo #05

  1. Pingback: 10 Estantes e prateleiras criativas | Arquitete suas Ideias·

  2. Pingback: Bibliotecas pelo mundo #06 | Arquitete suas Ideias·

  3. Pingback: Bibliotecas pelo mundo #07 | Arquitete suas Ideias·

  4. Pingback: Bibliotecas pelo mundo #08 | Arquitete suas Ideias·

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s