Uma casa japonesa nada convencional.

O que fazer com pouco espaço, terreno pequeno com formato irregular e ainda casas visinhas coladas por todo os lados? Nada que o escritório japonês Torafu não pudesse resolver, confira!

Esta casa está localizada em um bairro residencial em Yokohama. Com todas as casas vizinhas construídas bem próximas uma das outras, não restava muito espaço para esse projeto, principalmente por que o terreno tinha um formato de bandeira. Por esse motivo, a entrada da casa tinha que ficar em um vértice com menos de 3 metros de largura.

No Japão, diferente do Brasil, a melhor orientação é a sul, porém o terreno desta casa está inclinado para o norte e para piorar, a casa ao sul era de dois andares e ainda construída em um terreno ligeiramente mais alto. A primeira vista seria impossível conseguir o sol vindo do sul, embora o cliente – um casal que já vivia no mesmo lugar há muito tempo – quisesse uma pequena casa térrea, porém bem iluminada, após seu filho se tornar independente deles.

O telhado que se parece com aquelas cracas do mar – Tetraclita stalactifera – permite que a luz passe pelo topo das janelas em formato de tubos, mas evitando sombras e olhares curiosos dos vizinhos.

Dentro da casa pode-se ver claramente o formato desses “tubos” e como as arestas formam o forro que separa os espaços internos. Como a casa é térrea, o formato do telhado pôde ser trabalhado livremente. E por causa dessa liberdade, procurou-se fazer com que o exterior e o interior parecessem dois lados de um mesmo objeto. Embora a área de convivência principal não tenha mais do que 7×7.5m, uma distância apropriada pôde ser mantida entre os locais onde estão a comida, roupas e descanso. Tudo isso através do uso das arestas e das próprias alturas diferentes do forro, que separam de forma tênue cada espaço.

As arestas mais altas separam espaços limítrofes entre os vizinhos, enquanto arestas mais baixas separam por exemplo, a sala de estar do quarto. Em uma parte onde o forro é mais alto, foi instalado um bloco que serve como coração da casa, feito de madeira, que abriga a cozinha, banheiro e na parte superior um pequeno escritório de design para o filho do casal.

Segundo os moradores, a parte superior desse bloco, é parecida com um loft, separado visualmente dos demais espaços, porém a presença da família sempre pode ser sentida quando eles estão lá dentro.

O uso do concreto armado foi escolhido pela sua plasticidade e por que seria possível uniformizar as paredes e lajes com 15cm de espessura, criando um espaço interno sem pilares. E como foi preciso somente uma concretagem para fazer o telhado, o resultado final foi uma estrutura sem juntas, o que frequentemente seria o ponto fraco da construção.

Em contrapartida com a textura do concreto utilizada no exterior, as paredes e forros internos da casa foram revestidos com um acabamento branco, para que se tornassem mais leves e claros. Como todo o piso e o mobiliário foram feitos da mesma madeira, após pintados os móveis dão a impressão que “nascem” do piso.

O telhado não somente deixa que a luz invada a casa, mas confere ao espaço interno uma leve separação de ambientes. A claridade e a leveza da luz muda de acordo com as estações e o horário do dia, o que também muda de acordo com o ambiente. Por fim, as janelas do telhado também “cortam” o céu e constantemente projetam as mudanças da natureza para dentro da casa.


Local: Yokohama Kanagawa

Área do terreno: 230.8m2

Área construída: 67.4m2

Numero de pavimentos: 1F + Loft

Estrutura: Concreto armado

Projeto: 2007.01-11

Construção: 2007.12-2008.07

Fotos: Daici Ano

Leia também:

ARQUITETURA JAPONESA MINIMALISTA #05

CASAS “CUBO” JAPONESAS

AS DIFERENÇAS ENTRE AS CASAS PEQUENAS NO BRASIL E NO JAPÃO

↓↓↓  Não esqueça de classificar este post!!!

Anúncios

7 responses to “Uma casa japonesa nada convencional.

  1. Pingback: Chaska Chayamachi – Tadao Ando | Arquitete suas Ideias·

  2. Pingback: Uma mesa dobrável como você nunca viu! | Arquitete suas Ideias·

  3. Pingback: 10 casas japonesas extraordinárias! | Arquitete suas Ideias·

  4. Pingback: Inside House – Outside House | Arquitete suas Ideias·

  5. Pingback: Conheça a casa sustentada por galhos | Arquitete suas Ideias·

  6. Pingback: Por que o Japão tem as casas tão diferentes do resto do mundo? | Arquitete suas Ideias·

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s