Zaha Hadid projeta escola no sul de Londres

O edifício que abriga a Evelyn Grace Academy, em Brixton, no sul de Londres, é o primeiro de Zaha Hadid na Inglaterra. A arquiteta nascida no Iraque é reconhecida internacionalmente, tem obras em várias partes do mundo, foi a primeira mulher a receber o Pritzker, prêmio de arquitetura comparado ao Nobel, mas jamais havia construído no país em que se formou arquiteta (pela prestigiosa Architctural Association) e onde se estabeleceu desde 1980.

Esta é a implantação da escola projetada por Zaha Hadid. O volume amarelo acomoda as ecolas Grace de ensino médio e superior; no verde estão as Evelyn, também de ensino médio e superior.

Brixton, no sul de Londres, é tida como uma das áreas mais violentas da capital. O terreno de 1,4 hectare onde o prédio de 57 milhões de dólares está construído era um tipo de garagem para caminhões de lixo.

Quatro em uma

A escola lembra um pouco o museu MAXXI, em Roma, pelo qual Hadid acaba de ganhar um importante prêmio na Inglaterra, o Stirling Prize. Com 11 mil m², foi projetado para acomodar as quatro escolas e um total de 1.200 alunos: 270 na faixa de 11 a 14 anos em cada uma das escolas de ensino médio; e mais 330 com de 14 a 18 anos em cada escola de ensino superior.

Este diagrama mostra a ocupação do edifício. As áreas em verde e amarelo correspondem às quatro escolas; as azuis são as áreas comuns e administração, no térreo, e, em cinza, instalações para prática de esportes e educação física, além de áreas para artes

As “escolas dentro da escola” estão organizadas horizontalmente para evitar a circulação dos alunos entre os andares. As duas escolas de ensino médio ocupam o primeiro e o segundo pavimentos. As de ensino superior estão no terceiro piso. Instalações esportivas e outras, como laboratórios, ficam no térreo. Casa escola tem acesso independente, embora todas possam ser alcançadas pelo sistema de circulação central, passado pela recepção principal.

Zaha Hadid comemora que seu primeiro projeto na Inglaterra seja uma escola. “Escolas estão entre os primeiros exemplos de arquitetura que as pessoas vivenciam e têm um grande impacto em como as crianças crescem”, diz.

Embora os professores ainda sejam mais importantes, o prédio onde a escola se localiza pode influenciar muito no desempenho acadêmico dos alunos, enquanto estudam lá dentro e mais tarde no decorrer da sua vida, afinal as crianças passam boa parte da sua infância dentro de uma escola. É pouco provável, entretanto, que astros da arquitetura como Hadid sejam convocados para construir escolas na Inglaterra, pois há cortes orçamentários feitos pela atual coalizão liberal-conversadora que governa o país.

Pista de 100 m cruza o edifício da Evelyn Grace Academy. Inaugurada em julho de 2010, a escola custou 57 milhões de dólares e comporta 1.200 estudantes na faixa etária dos 11 aos 18 anos.

Área da cantina da Evelyn Grace Academy, projeto faz parte do projeto ARK-Absolute Return for Kids, criado em 2004 para trabalhar junto ao Departamento de Educação e autoridades locais, patrocinado pelo mega-investidor Arpad Busson. O ARK tem por objetivo criar novas escolas e oferecer a jovens a oportunidade de acabar com a disparidade na formação em relação às classes mais abastadas.

O traço arrojado da arquiteta iraquiana radicada na Inglaterra desde 1980 pode intimidar os estudantes, segundo alguns críticos.

Cada escola foi disposta de forma a evitar a circulação vertical dos alunos. Elas também têm acessos independentes.

A Evelyn Grace Academy atende crianças e jovens de baixo poder aquisitivo e tem por objetivo levá-las ao ensino superior, e tem o vidro e concreto aparente como os principais materiais usados na construção do edifício.

Para os críticos, o edifício é melhor internamento do que por fora. Contudo, ele carrega o traço arrojado, característico de Zaha Hadid. O uso intensivo de vidro também facilita a vigilância sobre os estudantes. Laboratório e armários. O uso de cores vivas quebra a rigidez do concreto e a frieza do vidro.

Vista de um auditório. O peso do concreto é contrabalanceado pela leveza do vidro. O pé direito alto, monumental, é suavizado pela vista do exterior.

Sala de ginástica, no térreo. O prédio foi projetado para ter o máximo de iluminação natural.

 

Fonte: UOL Casa e Imóveis

Anúncios

2 responses to “Zaha Hadid projeta escola no sul de Londres

  1. Pingback: Tweets that mention Zaha Hadid projeta escola no sul de Londres « Arquitete suas ideias -- Topsy.com·

  2. Pingback: Galaxy Soho, de Zaha Hadid, é construído na China « Arquitete suas ideias·

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s